sábado, 3 de abril de 2010

MALHAÇÃO DE JUDAS

Sábado de Aleluia era uma data fortemente marcada pela tradição da malhação de Judas.

As pessoas dos bairros reuniam-se antecipadamente para a confecção dos bonecos recheados com papel, serragem, maravalha e os vestiam com uma indumentária de roupas usadas, pendurando-os no poste até o final do dia para a leitura do testamento, a malhação e a queimação.

O testamento - pra quem não sabe - é um dos pontos pitoresco da malhação. Feito por um autor anônimo ele usa e abusa das peculiarides das pessoas da comunidade com ironia. Uns sentem-se ofendidos, outros não.

Essa tradição vem se esvaindo rapidamente e já é raro ver um Judas pendurado no poste na área urbana da cidade. Porém hoje tive a grata surpresa de ver um Judas bem feito e alinhado no brio, dentro de um terno e aguardando o momento da malhação, no bairro vizinho ao meu.

Parei pra tirar esta foto de registro desta tradição já quase esquecida.

Um comentário:

May Santos disse...

Acho raro ver a malhação de Judas. E quando vejo acho que as pessoas perderam o senso de "graça", pois deixam que a brincadeira acabe em briga...
Vi na tv, que usaram no boneco o rosto do Nardoni e da Jatobá... cada um vê seu Judas de uma forma.. ^^

Bjkas

Boa semana