quarta-feira, 3 de novembro de 2010

EU QUERIA SER JOHN LENNON


Você já quis ser John Lennon? Odair José, já! A canção homônima começa com o verso confessional e matador de quem está sendo desprezado por sua cara-metade: "Eu queria ser John Lennon um minuto só/pra ficar no toca-discos e você me ouvir". PQP!!! ME OUVE SUA INGRATA!!!

Lançada no disco Assim sou Eu (1972) o petardo da canção está relacionado com o hit Imagine de John Lennon, que estourou nas rádios no primeiro disco solo do ex-beatle lançado um ano antes. Recentemente foi regravada no disco Tributo a Odair José, um revival de sucessos do artista interpretados por cantores de peso da MPB como Zeca Baleiro, Pato Fu, Paulo Miklos entre outros.

Endeusado por diversos artistas como Caetano Veloso com quem já fez dueto em "Eu vou Tirar você desse Lugar" e considerado brega até a medula por outros, Odair já tem seu lugar registrado no panteão dos compositores nacionais desde que foi referenciado por Rita Lee no hit "Arrombou a Festa": "O Odair José é o terror das empregadas/distribuindo beijos/arranjando namoradas..."

O auge foram os anos 70 onde ele  pode exercer toda sua verve poética ao som de seu violão destilando versos em assuntos polêmicos e outros tabus da sociedade brasileira, tendo que driblar por diversas vezes a censura imposta pela ditadura militar. São desta época os versos abaixo:

"Esta noite você vai te que ser minha/esta noite vai se feita pra nós dois/nem que seja dessa vez e nunca mais"
"Eu vou tirar você deste lugar/eu vou levar você pra ficar comigo/e não me interessa o que os outros vão pensar"
"Peço perdão mais uma vez se compliquei sua vida/não tenho culpa se você chorou, se não deu certo/foi tudo culpa do amor"
"Pare de tomar a pílula/porque ela não deixa nosso filho nascer"

Faz parte do meu repertório de recaídas musicais. Pronto, contei!

Pense num cara bom de ouvir encarando umas cervejas estupidamente gelada num churrasco domingo de manhã...

Segue a versão original. Mas se não quiser ouvir aqui procure também nos melhores botecos da luz vermelha.  Mas não diga pra patroa que fui eu quem recomendei.

Um comentário:

MatHeuS MatHeuS disse...

Se eu fosse John Lennon certamente me casaria com o Paul ao invés de com a Yoki