quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

ENCERADEIRA FUTEBOL CLUBE

De vez em quando eu ouço dizer que é  característica do nosso futebol o jogo cadenciado e outras bobagens que transformam alguns antigos clássicos num programa enfadonho de se ver.  Pra mim, futebol é um time atacando e o outro se defendendo; e depois contra-atacando o outro que se defende num moto-contínuo durante os 90 minutos da peleja. Faço parte daquela turma que não entende como é que um jogo de futebol termina 0X0.

Outra bobagem que se fala muito por aqui é nossa qualidade de posse de bola. Falando nisso, o estilo que não me sai da cabeça é aquele criado pelo Zinho onde ele prendia a bola no meio de campo e ficava girando em torno de si mesmo sem evoluir o jogo, mas com a "posse de bola" criando o mito do Zinho-Enceradeira. Amigo, quem tem posse de bola é o Barcelona que evolui o jogo mantendo a posse de bola, costurando a defesa adversária e fazendo gol . E o Barcelona é uma evolução do que foi a seleção holandesa de 74 - a Laranja Mecânica - cujo mito, comumente omitido da biografia de Zagallo, é o fato do confiante e vangloriado "tetra-campeão" nunca ter visto a Holanda jogar antes da Copa e, despreparado tecnicamente, ter tomado um caldo do time de Cruyff e Cia.

O futebol brasileiro anda tão desacreditado que hoje ouvi de um comentarista esportivo na tv que o Internacional iria pegar uma pedreira em casa: o Once Caldas, que "inclusive já foi campeão da Libertadores". Porra, o Inter já foi campeão do mundo!!! E joga em casa... 

E só pra sacanear, Damião acabou de fazer 1X0. Dá-lhe Inter!!!!

Um comentário:

May Santos disse...

Humm
Hoje não tenho muito o que dizer!
Futebol não é meu forte!


Mas leio mesmo assim!
Depois repito ao meu noivo, e finjo saber algo! rsrs

Bjkas