quarta-feira, 24 de março de 2010

QUANTO PODEMOS GANHAR COM ISSO?

Eu ainda lembro do tempo em que era moda calça boca-de-sino e sapato cavalo-de-aço. Mas nada se compara à cafonice de usar uma capanga ou aquelas antigas pochetes que nos transformavam em marsupiais urbanos.

Desde que o mundo é mundo alguém sempre esteve na vanguarda de alguma coisa pra lançar uma tendência, uma moda que coloca uma, duas, tres, várias pessoas num trenzinho da alegria para segui-la e contagiar todo um grupo.

Na época que meu tênis Adidas era um Conga, resovi fazer academia. Não no formato destas academias de hoje. Academia era uma extensão de um clube militar. Ferro e pranchas abdominais. Sabe aquelas academias de boxe bem furrecas que você vê naqueles filmes americanos? Era mais ou menos assim.

Neste embalo de atleta, lembro dolorosamente do meu teste de cooper  para fechar a cadeira de educação física, dando seis voltas e meia na pista de atletismo às 15:00h em pleno horário de verão e da ânsia do iogurte que havia sido meu lanche de almoço naquele dia para evitar um piripaqui sob o sol.

Até comida vira moda. Quando eu fazia primário ( primário, jovens leitores era como se chamava os 4 primeiros anos do ensino médio ) eu levava q-suco dentro da garrafinha e comprava um pão-cheio de vinte centavos no colégio pra segurar a broca até a hora do almoço. E não morri por conta disso.

Naqueles tempos a gente comia aquela comidinha vinda do sítio, das hortas caseiras, do peixeiro e do verdureiro que passavam nas portas das casas. Galinha só aos domingos. E só caipira. Isso quando alguém estava doente: eu ou a galinha. Refrigerante era um artigo de luxo. Só se tomava em aniversários. Uma garrafinha por convidado.

                                Eu era caipira agora sou da cidade



Depois criaram as redes de fast-food, o self-service e tudo aquilo que aumenta seu manequim e os dígitos na balança. E aquela comidinha saudável virou coisa de caipira da roça. Agora virou moda de novo. Com outro nome e com outro preço. Agora é orgânico.

Engarrafaram a água do rio onde eu tomava banho quando era criança, gaseificaram e botaram uns aromas de frutas. Fazem até gelo com ela alegando que é melhor e coisa e tal como se minha geladeira não fizesse gelo. Empanturraram a gente com tanta mistureba que agora tem até iogurte pro indivíduo com estômago preso de tanta porcaria que já comeu, evacuar melhor. E havia um tempo que bastava a gente comer mamão ou ameixa que dava o mesmo efeito.

Eu fico imaginando é o complô nas salas fechadas das grandes corporações articulando, planejando, maquinando qual será o novo tipo de ração de comida que eles vão criar para nos alimentar nos próximos anos e como vão divulgar, como será o marketing, em quais revistas vão anunciar, quem vão ser os garotos-propagandas...

Roy McDonalds disse uma vez a um grupo de ouvintes numa palestra que "engana-se quem pensa que o nosso negócio são hamburguers. Nosso negócio são imóveis." A rede de lanchonetes do McDonalds é dona das esquinas mais valorizadas do planeta.

Ninguém está pensando no mal que fazem os carboidratos e calorias que você está ingerindo. A pergunta que eles fazem é: o que está na moda e quanto podemos ganhar com isso?

2 comentários:

May Santos disse...

Prazer todo meu poder contar com sua amizade...
E sem "puxa-saquismo"... o seu blog é o melhor blog de crônicas que eu conheço! Adoro passar aqui e me matar de tanto rir dos seus textos e de certa forma, dos seus desvaneios... ^^

Sobre o que você escreveu... Acho que eu nasci no ano errado... Só consigo ver graça no tempo em que todos conheciam seus vizinhos e pediam açúcar emprestado. Hoje, ninguém conhece quem mora no apartamento ao lado. Um conhecido do meu pai morreu esses dias, e só deram por falta dele quase uma semana depois... Nenhum vizinho sentiu falta do homem!

Tá tudo muito mudado...

Beijos! ^^

;)

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

oieeee!
passei por aqui...
obrigada por sua doce visita em meu blog!
seu blog é d+!
=D

♥ FELIZ PÁSCOA!!!♥

PÁSCOA...
é ressurreição,
é renascimento,
então, nada melhor do que coelhos,
para simbolizar a fertilidade!

. . /` \ .. /` \
. .(/\••\-/••/\)
..... (•o••o•)
..... >{=•Y•=}<
. ... /'--^--'\
.....(_)::::(_).......

Eu desejo que sua Páscoa seja muito feliz e que eu possa continuar tendo uma amizade tão especial como é a sua!

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\