sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O AMOR E SUAS ESQUISITICES


O amor tem suas esquisitices. Você está deitado tranquilão  na arte-zen do sossego, daí do nada sua cara-metade como se estivesse praticando parkour atira-se ao seu lado e estende as mãos de levantadora de vôlei no meio do seu rosto e começa a espremer seus cravos e espinhas. Daí a pouco você tá lá, cheio de manchas vermelhas parecendo um astronauta que aterrissou em Marte sem uma roupa de proteção.

Mas tá feliz, apaixonado, dando seus beijinhos de sapo na sua princesa encantada.

Melhor ainda quando um dos dois está com uma dor incômoda e outro diz:
-Deixa eu dar um beijinho que sara!

Boca santa!!!!

Como pedras drummonianas no meio caminho, o amor é isso: hoje beija, amanhã não beija, depois de amanhã é domingo e segunda-feira ninguém sabe. E nada do que escreverão os poetas dará significado a este desassossego da alma que ora te faz feliz e forte, ora infeliz e liqüefeito.

E muito menos algo que eu possa escrever.

Mas não deixo de citar como impagável a notícia que ouvi ontem pela manhã no rádio-jornal: 5 dos 33 mineiros resgatados no Chile resolveram marcar casamento com suas cara-metades.

Parece que na reclusão da mina eles encontraram o caminho de Santiago de Compostela. Ou as quase-viúvas resolveram garantir a pensão vitalícia de uma profissão de risco.

Sabe-se lá os mistérios do amor. O sujeito escapa fedendo da morte e depois morre cheiroso.

Como dizia o antigo compositor baiano: "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é!"..

2 comentários:

Prissy Gambarra disse...

O problema dessa "mina" que eles estão se metendo agora, é que o buraco é bem mais embaixo. Nessa aí, nem Nasa dá jeito!

Ludi Knaus disse...

Jorge,
vo te falar que fiquei com receio de usar a camiseta dos beatles e ficar muito beatlemaniaca viu?! Mas a manga cobria a tattoo, e era muito bonita, nao podia deixar de comprar.
Quanto ao filme, sou suspeita pra falar, pois sou louca pela Joan Jett e adoro esse tipo de filme "biografia podre de musico"... e adoro a mistura de Kristen Stewart e Dakota Fanning, apesar de isso me remeter a sessão da tarde adolescente..
agora falando do seu texto, achei tão bom que não consigo dizer nada, haha, sério, li, pensei e li de novo e não consegui me pronunciar...na verdade, até conseguiria falar bastante, mas no fim, não diria nada, então, deixa a palavra com vc que é melhor nisso né... hahaha
Abraço!
=)