quinta-feira, 22 de outubro de 2009

PELÚDIO EM RÉ MAIOR



Me sinto na pele de João Ubaldo Ribeiro numa crônica quenãomelembroonome quanto tento iniciar minha experiência em criar um blog. Ora bola, ora blogs!!! Acho que é o excesso de informação na minha memória RAM de Pentium III. Se eu tivesse uns 20 anos a menos, sabe-se lá....

Lembro o quanto demorei para assimilar a idéia de ter um celular...Afinal houve um tempo que quando a gente queria falar com alguém a gente ia na casa da pessoa e conversava e muitas vezes a conversa virava uma festa; e quando a gente queria escrever pra alguém, mandava uma carta, que tinha todo aquele ritual da escrita, do envelope, do selo e da espera da resposta. Aliás, enquanto escrevo vou percebendo que sou avesso a mudanças súbitas o que me caracteriza como um conservador!!!

Eu, um conservador? Fico surpreso em falar isto de mim em público. Eu que sempre fui tido como um cara de vanguarda em tudo que me despertou interesse...Bom, isso pelo menos a 20 anos atrás!

Mas esse tal de blog é perigoso! Permite que a gente vá falando, vá falando, vá falando da gente e de repente se dá conta que se falou demais. E pior! Falando da gente pros outros. Ô fuxico infeliz!

Um comentário:

mila disse...

HUSHSIUHAIUSHAIUHSA , ô FUXICO infeliiz \õ/