terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

CARNAVAL NA CADEIA OU O BLOCO DO EU SOZINHO

Li esta manhã que, Arruda, o governador licenciado do DF e atual detento da PF, proibido de utilizar internet, televisão e celulares, recebeu livros de auto-ajuda. Fiquei preocupado pois imaginei tratar-se dos best-seller dos Irmãos Metralha: Como Fugir de sua Cela Utilizando-se da Faca da Cozinha ou o fora de catálogo Como Esconder Dinheiro nas Meias e Cueca sem Chamar Atenção.

Passado o susto, surpreendeu-me saber que quem forneceu os livros foi um tenente da polícia militar do DF. Não sabia que era competência da autoridade policial fornecer livros ou similares para detentos, seja ele quem for. Parece-me desvio de função pois escapa-lhe assim a imparcialidade com que tem de tratar os outros detentos.

Também uma aposentada de Ceilândia veio prestar solidariedade ao detento com orações e uma Bíblia na mão dizendo que "ele fez muita coisa boa pela minha cidade." Imagino que, o que ele fez de bom não foi nada mais que a obrigação dele como governador; imagino também que ele tenha feito muito mais coisas boas em proveito próprio pois os crimes que o Ministério Público imputa-lhe são de constituição de organização criminosa ou quadrilha, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude a licitação, crime eleitoral.

Arruda está passando o carnaval na cadeia, brincando no bloco-do-eu-sozinho, já que seu esquema de corrupção desmoronou. Consta que um dos esquema era receber propinas de 50 mil de 15 em 15 dias, ilícito que já durava desde 2006. São 4 anos e cerca de 104 quinzenas multiplicadas por 50 mil reais. Se a aposentada fizesse estas contas talvez ela entendesse porque o sua minguada aposentadoria tem aumentado tão pouco.

Para que o assunto não se perca na memória das pessoas, acrescento o vídeo exibido pela TV Bandeirantes em 30/11/2009, onde Arruda aparece recebendo uma das tantas propinas.

3 comentários:

May Santos disse...

Pois é Jorge... Eu sou de Brasília e me envergonho ao ver o nome de uma cidade tão linda ser manchada pelos erros de políticos corruptos!
Na televisão é só o que se houve: "Arruda preso, Arruda roubou, Câmara em recesso..." Já até desisti de assitir tv de tanto degosto que me dá!
O pior é saber que existem pessoas que se deixam ludibriar por esse falso moralismo expresso pelo (ex)governador...

Jorge Jansen disse...

Infelizmente May a situação de Brasília e de Arruda não é única. Apenas foi dada mais atenção, criou-se um alarde, pra tentar manter o mínimo de moralidade. Afinal aí é o Distrito Federal.

Raquel disse...

Jorge,
muito obrigada pelo comentário. fiquei feliz por ter gostado do texto.
Gostei do seu espaço tbm!

Abraços Cordiais

Raquel