domingo, 21 de fevereiro de 2010

MARLEY E BEYONCE

Noite de carnaval,  ia entrando no carro quando notei uma caixa de papelão na minha calçada e imaginei que o caminhão de lixo não tinha passado mais uma vez.

Olhando pra rua vi que não havia lixo nas outras casas para ser recolhido e resolvi verificar do que se tratava. Percebi então que a  caixa estava mais pesada do que eu imaginava e como havia pouca iluminação na rua não consegui ver direito até que algo se mexeu lá dentro.

Pensei que era um gato, mas quando vi melhor percebi tratar-se de um filhotinho de cachorro. Um não, dois. Melhor, tres. Quer dizer, quatro. Pois é, alguém deixou uma caixa com quatro filhotes na minha porta. E o que fazer?

Eu como tenho coração mole, recolhi a caixa e entrei em casa para vê-los melhor no terraço. Eram quatro vira-latas bem gordinhos e com a pelagem brilhante. Tres pretos e um castanho. Dois machos e duas fêmeas.

Depois de uma reunião familiar pelo celular resolvemos ficar com um casal e encontrar duas pessoas que quisessem adotar os outros dois.

Na casa em que cresci, sempre houve animais de estimação. Até demais eu diria. Cães, gatos, papagaios, canários, jabutis, peixes ornamentais. Isso que eu me lembro. Era uma das manias de minha mãe.

E eu acabei herdando esta simpatia pelos bichos e também porque sempre mantive um cão em casa e já fazia mais de ano que estava sem nenhum. Apenas um gato preguiçoso e comilão e um jabuti tranquilão e viciado em comida de gato, como os aliens de Distrito 9.

Me senti bem salvando estes dois cãezinhos. Não sei se não vou me arrepender quando estiverem maiores, bagunçando meu quintal, mas vou dar tempo a tempo quanto a isso. Nada de morrer de véspera. Ah, e o melhor: consegui quem adotasse os outros dois.

Os daqui vão se chamar Marley e Beyonce, embora minhas filhas insistam em chamar a cadela de Pópi. Mas eu insisto em chamá-la de Beyonce pois fico vendo ela caminhando na minha direção toda serelepe e latindo: au, au, uh, oh, i look and stare so deep in your eyes, au, au, uh, oh, au, au.


10 comentários:

Celijon Ramos disse...

Jorge, parabéns pelo blog. Gostei da crônica dos cachorros. Aliás, me dou muito bem com eles e eles parecem gostar mesmo de mim.
A propósito da Beyonce, a cantora está muito bem no maravilhoso filme Cadilac Records. Se ainda não viu, corra para a locadora. Não vai se arrepender.
Um abraço!

Solange Maia disse...

adoreiiiiiiiiiiiiii.

parabéns pela atitude e aposto como vai se apaixonar !

adorei suas palavras, viu ?

beijo

Abraão Vitoriano disse...

um blogue que diz e é profudamente comum e bom!

abraços do homem-menino,

e ah, adorei os nomes...

May Santos disse...

Amei ^^
Amo cachorrinhos, principalmente filhotinhos ^^
Queria ter um, mas meu pai detesta animais :(.Quando a gente inventa de ter um, ele sempre bate nos bichinhos. Então por enquanto vou ficar só na vontade.

Mas, foi muito legal sua atitude. Parabéns ^^

Beijos pra vc e boa semana!

Amanda Barreto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda Barreto disse...

Obrigada Jorge pelo comentário. Realmente, o blog é algo que passa a fazer parte do nosso universo particular. Também adoro seus textos e a riqueza como você explora sua intelectualidade. Ahh gostei dos nomes dos cachorros. Prefiro a Byoncé e já imagino ela dançando "Single Ladies" com o Marley e mais uma cadelinha convidada, rs. Abraços amigo e boa noite!

Marguerita disse...

Primeiramente...
Bela atitude, Jorge!
ainda não consigo acreditar que existe gente que não cuida / exteriliza seus animais.

Em segundo lugar e não menos importante, obrigada pela visita e pela estima.
Espero receber mais visitas suas, será uma honra.

Adicionando nos meus f/f também.

Bjo e boa semana.

Reflexo d Alma disse...

Hunn
passando pra conhecer teu blog
e deixando um convite pra conhecer o meu...

im deixar bjins e minha provocação...
" Mas só percebe
quem aceita a
pro-
vo-
ca-
ção...

Catiaho/ Reflexo d' Alma entre delírios e delírios

Ludmila Barbosa disse...

Trabalho eles vão dar, sempre dão, mas são maravilhosos, não há de que se arrepender.

Um grande abraço e valeu por ter passado no meu blog, fico super feliz que tenha gostado.

Daniela disse...

Parabéns Jorge pela iniciativa de adotar essas duas fofurinhas!Se você não tivesse encontrado donos para os outros dois eu iria me candidatar para ficar com a femea e iria chama-la de Lady Gaga.rs!A mamãe depois de uns 10 cachorros que tivemos apareceu com uma alérgia,mas acho que o nome dessa alérgia é "miguelation".rs!
Cuidado com o Marley!Esconda as plantinhas verdes do seu quintal.hehehehe